Compre pelo Telefone: 0800.777.6601

Buscar

Digite o termo que deseja buscar:

Top 5




Início > Livros > Frei Betto - Biografia
Frei Betto - Biografia



clique na imagem para ampliar
Autores: Evanize Sydow e Américo Freire
Disponibilidade para envio: Imediata
R$ 59,90


Pague em até 6x no cartão

1 x R$ 59,90Total - R$ 59,90
2 x R$ 29,95Total - R$ 59,90
3 x R$ 19,97Total - R$ 59,91
4 x R$ 14,98Total - R$ 59,92
5 x R$ 11,98Total - R$ 59,90
6 x R$ 9,98Total - R$ 59,88

 


Quer saber o valor do frete?
Entre com seu CEP    
   
Não era o que você procurava?
Envie-nos uma mensagem.

Características


Frei Betto - Biografia
Sydow, Evanize / Freire, Américo

Américo Freire e Evanize Sydow revelam o significado histórico da vida e do trabalho de Carlos Alberto Libanio Christo, o “Frei Betto”, em meio às transformações político-sociais que ocorreram no Brasil e nos demais países da América Latina a partir dos anos 1960. O livro conta as diversas histórias que marcam a vida de “Frei Betto”, em que a religião – o Amor –, a política e a militância se articulam para criar uma sociedade democrática e plural, que acolha todos os cidadãos. Desde seu nascimento em uma tradicional família mineira, a Teologia da Libertação, a Ação Libertadora Nacional, a prisão durante a ditadura militar, a participação na criação de movimentos populares, a literatura e os prêmios, a proximidade com Lula, o trabalho nos países socialistas – principalmente em Cuba –, os gestos de solidariedade pessoais e públicos, entre tantos acontecimentos que têm tornado Frei Betto um homem admirável.

DETALHES DO PRODUTO

Assunto: Biografias
Idioma: PORTUGUÊS
Ano: 2016
País de Produção: BRASIL
Encadernação: BROCHURA
Altura: 23,00 cm
Largura: 16,00 cm
Comprimento: 0,60 cm
Peso: 2,60 kg
Complemento: NENHUM
Faixa etária: a partir de 16 anos
Nº de Páginas: 472


Obra tem prefácio de Fidel Castro

Por Lu Sudré
Caros Amigos

Homem simples, de fala pausada, com a modéstia e humildade que enaltece sua condição de religioso, se identificou com os valores genuínos da nossa Revolução, que, segundo afirma, são também os da confissão cristã que ele professa: justiça, igualdade, compromisso com os pobres e discriminados.

É assim que Fidel Castro Ruz, líder da Revolução Cubana, define Carlos Alberto Libânio Christo, ou simplesmente Frei Betto, escritor e religioso dominicano brasileiro. As palavras estão no prefácio do livro Frei Betto - Biografia. O ex-presidente cubano, que morreu em novembro do ano passado, era seu amigo pessoal.

A obra, lançada no fim de 2015 pela editora Civilização Brasileira, de autoria do historiador Américo Freire e da jornalista Evanize Sydow, aborda todas as facetas do homem religioso, político, militante, aliado dos movimentos sociais e escritor, desde seu nascimento em uma tradicional família mineira, em 1944. O livro conta também suas prisões durante a ditadura civil-militar brasileira - por 15 dias em 1964 e por 3 anos, entre 1969 e 1973 -  assim como o apoio à guerrilha Ação Libertadora Nacional (ALN).

Em entrevista à Caros Amigos, Evanize Sydow relata que foram quatro anos intensos de pesquisas para que a obra, com dezenas de entrevistas, fosse finalizada. O próprio Frei Betto foi uma fonte inesgotável de informações. “É unânime a opinião das pessoas em relação à generosidade dele, sejam elas suas amigas ou não. É um ponto comum entre todos os entrevistados, todos tem histórias para contar. Por exemplo: quando Lula morava em uma casa muito humilde no ABC Paulista, Frei Betto pagou o vaso sanitário para o banheiro dele”, conta a jornalista. “Ele é uma pessoa muito generosa, solidária. Muito ligada aos que estão precisando dele, se preocupa concretamente”, complementa.

Outro ponto que Sydow destaca na biografia de Frei Betto é sua habilidade de, enquanto figura pública, conseguir transitar em redes diferentes. “Ele é presente nos movimentos sociais, na política, entre grupos de artistas, tem amigos empresários. É um talento. Não é todo mundo que faz isso e é respeitado por todos. Ele é um articulador nato.” Frei Betto foi assessor especial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre 2003 e 2004 e foi coordenador de mobilização social do programa Fome Zero.

Em 2013, os autores foram até Cuba, mas não conseguiram falar com o líder cubano. Já o escritor brasileiro sempre era requisitado para uma conversa enquanto estava em Havana. Foi em outubro de 2015 que Frei Betto repassou o pedido dos autores a Fidel, que desejavam que o prefácio da obra fosse escrito pelo líder cubano. Na ocasião, Frei Betto recebeu o título especial de doutor honoris causa em Filosofia na Universidade de Havana.

Na opinião de Sydow, Frei Betto é uma das principais figuras responsáveis pela propagação da Teologia da Libertação no Brasil e em outros países. “Frei Betto não é apenas a teoria, é a prática. Ele com Leonardo Boff, teólogo acadêmico, se complementam nesse sentido. Ele trabalha com educação popular até hoje. Frei Betto é o tradutor da Teologia da Libertação em muitos países”, conclui.

FreiBettoFidel

Frei Betto e Fidel Castro (Foto: Cubadebate)

 

EDITORA CAROS AMIGOS

Sede administrativa e redação

 Rua Vieira de Carvalho n. 115, Conj. 31, Santa Ifigênia , São Paulo-SP. CEP: 01210-010

Estoque e distribuição:

Rua Garcia Aquilino, 10, casa 01, Moinho Velho, São Paulo, SP, CEP 02929-070

Atendimento: 0800 777 6601 

2017 - Lojacarosamigos.com.br - Todos os direitos reservado
Desenvolvido por 001SHOP